FECHAR
 
 
Mensagem de Dom José Mário para a Abertura do Ano Pastoral 2021

“Como o Pai me enviou, também eu vos envio” (Jo 20, 21).


Neste final de semana, 6 e 7 de março, celebramos a abertura do Ano Pastoral em nossa Diocese. Vivemos tempos difíceis! A pandemia do Covid 19, parece não dar trégua, quando completamos um ano do primeiro caso no Brasil, ultrapassamos a marca de 250 mil mortos. Contudo, precisamos olhar a realidade com esperança de que algo melhor surgirá.


Mesmo em meio à turbulência, nossa Igreja não pode deixar de cumprir a sua missão de ser permanente sinal do amor de Deus e de anunciar a Vida, Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor Jesus. No momento de tantas incertezas, temos uma certeza: Deus é maior que todos os nossos problemas.


Para a celebração de abertura do Ano Pastoral escolhemos a LUZ como símbolo unificador.  De forma visível, o Círio Pascal representa Jesus Ressuscitado, força e sustento na missão. Outro símbolo, é o nosso Plano Diocesano da Ação Evangelizadora, com os quatro pilares que sustentam a casa – Comunidade Missionária, a saber: Pilar da Palavra, do Pão, da Caridade e da Missão. Na proposta das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023, a COMUNIDADE é o local do encontro entre irmãos e com Deus, lugar de celebrar a vida, é casa de portas abertas para acolher e sair em missão, formando outras comunidades. Inspirados por essas prioridades, queremos viver este ANO PASTORAL.


Nós sabemos que uma Igreja sem pastoral é morna, a pastoral é quem dá vida à Igreja. Façamos a nossa parte unindo-nos em oração confiante, pessoal e comunitária.


Coragem, venceremos a pandemia!


Que a Mãe Conquistadora e São Miguel arcanjo, padroeiros de nossa Diocese, com os padroeiros de nossas paróquias e comunidades, sejam nossos intercessores e inspiradores para viver e testemunhar a fé que professamos.


Na caridade de Cristo,


Dom José Mário Scalon Angonese

Bispo Diocesano

 
Indique a um amigo
 
 
Notícias relacionadas