FECHAR
 
 
Como preparar o Natal?

O Quarto Domingo do Advento é tipicamente mariano. A atenção dos fiéis concentra-se no mistério daquela que está para gerar o Salvador. Concentra-se na virgem Maria, que acolhe o projeto de Deus e gera Cristo. 


O Advento é um tempo de esperança, durante o qual recordamos as promessas de Deus a respeito de nossa salvação. Deus é fiel e o que Ele promete é cumprido. E suas promessas referem-se a algo muito grande, que satisfaz plenamente o nosso coração e as buscas de nossa vida. As promessas de Deus a respeito da primeira vinda do Salvador já se cumpriram em Jesus Cristo por meio de Maria e, agora, o Advento nos coloca diante da perspectiva da salvação plena, a ser realizada no Reino de Deus. 


A cultura materialista, consumista e imediatista aposta em esperanças pequenas e efêmeras, um sonho de consumos depois de outro, que nunca deixa o coração satisfeito. Mas, a esperança cristã não é um sonho de consumo imediatista, que pode levar de frustração em frustração. 


A salvação plena que o coração humano busca é obra de Deus. E requer do homem um coração aberto e generoso, para acolher o dom de Deus e colaborar com Ele. Por isso, o Advento também é um tempo forte de escuta e acolhida da Palavra de Deus, como bela e santamente soube fazer a jovem Maria, ao mudar seu projeto de vida para fazer a vontade de Deus. 


Como preparar e celebrar o Natal para que alimente nossa esperança e sentido da vida? Para os cristãos uma palavra que nunca deve sair do vocabulário é a conversão, a busca de Deus através da oração e com o sincero desejo de fazer-lhe a vontade. A confissão faz parte da vivência do Advento e da preparação para a celebrar o Natal.  Também, é muito recomendado que sejam feitas as Novenas de Natal nas pequenas comunidades, com os vizinhos, para criar um clima orante e de comunhão fraterna para bem celebrar do Natal. 


É bonito e cheio de significado que as famílias preparem o presépio em seus lares. O presépio é uma representação da cena de Natal e visibiliza, de alguma forma, o Evangelho do nascimento de Jesus. A preparação do presépio pode ser um recurso pedagógico bem interessante para as famílias transmitirem a fé às novas gerações; por isso, convém que os pais envolvam os filhos e netos na preparação do presépio, explicando o simbolismo das imagens e lendo com eles o Evangelho do nascimento de Jesus. A coroa do Advento também é um símbolo muito sugestivo.


E, finalmente, a jovem Maria de Nazaré ao se converter ao projeto de Deus e dar o seu SIM, sentiu necessidade de ajudar e se pôs a caminho para ajudar a prima Isabel. Para entrar no espírito do verdadeiro Natal não pode faltar uma intensa caridade e solidariedade para com os pobres, doentes e todos aqueles que sofrem. Assim, melhor criaremos um clima para o Natal, que é a festa da Fraternidade universal. O menino Deus veio ao mundo para reunir em torno de si a humanidade e fazer dela uma grande família de irmãos. 


Com tal preparativos, sim, será um: FELIZ NATAL!

 
Indique a um amigo
 
 
Notícias relacionadas